A arte de equilibrar parâmetros para obter resultados incomparáveis

Nossa filosofia de desenvolvimento de monitores pode ser resumida em uma frase um pouco longa. À primeira vista, não parece ser algo de fantástico. No entanto, tal como qualquer físico, engenheiro elétrico ou engenheiro de som poderá confirmar, ela descreve algo inatingível. Nossa máxima é: "Cada alto-falante de monitoração deve preencher a sala com energia uniforme em toda a faixa de frequências, especialmente na posição de audição. Nesse processo, ele precisa interagir flexivelmente com a sala, o estilo de construção, a instalação e o ambiente de audição sem qualquer perda de precisão." A fundamentação dessa afirmação está bem enquadrada na história da Neumann – e seu objetivo coincide com nossa paixão por resultados precisos.

E vamos até um passo mais além. Em termos de desenvolvimento, nosso objetivo não é menos ruído inerente, menos distorção harmônica, menos intermodulação ou menos ressonância – mas sim nenhum. Zero. Estamos totalmente cientes de que esse objetivo será inatingível, uma vez que não conseguimos anular determinadas leis da física. Mas: esse objetivo afeta nosso modo de trabalhar, nosso ponto de vista e nossa abordagem. Uma coisa é tentar reduzir um fator de disrupção. Muitas vezes, as pessoas se contentam com soluções existentes, novos materiais ou valores de medição ligeiramente melhorados. No entanto, nós tentamos eliminar todos esses fatores de disrupção. Esse jeito de pensar abre possibilidades, novas maneiras de fazer as coisas. Ele nos força a pensar de maneira diferente e levar em consideração soluções com total criatividade.

O que inicialmente pode parecer uma abordagem inflexível, na prática, ela exige totalmente o oposto: a audácia para praticar uma flexibilidade fundamentada. Por exemplo, nós poderíamos reduzir a extensão das baixas frequências até valores impressionantemente baixos. No entanto, outros parâmetros acústicos, como o NPS máximo e a distorção, seriam afetados como resultado disso. Em todas as situações. Porque um bom alto-falante não é composto de valores individuais: ele é um sistema compósito complexo e interdependente. É por isso que nós não olhamos para valores individuais mas sim para a estrutura geral. E é também por isso que nos esforçamos tanto para efetuar simulações – com software que desenvolvemos nós mesmos ao longo do caminho. Esses dados nos ajudam a definir prioridades, uma vez que procuramos a relação ideal entre excelência acústica e efeitos parasitas. A finalidade é encontrar o equilíbrio certo de todos os parâmetros de maneira a atingir uma conversão de sinal ideal sem esforço para os cenários de aplicação da nossa série KH.

O resultado é audível.

Com nosso objetivo de eliminar distorções e outros artefatos indesejáveis, desenvolvemos nosso próprio software de simulação e cálculo para otimizar acusticamente cada componente, chassi e circuito. O resultado pode ser detectado na resposta em frequência da nossa série KH (que nós também publicamos para cada alto-falante em vez de manter o segredo). A resposta é tão linear e equilibrada quanto possível com a tecnologia atual. Estamos bem cientes de que alguma distorção não linear é entendida como sendo "quente". No entanto, nós acreditamos no seguinte: é da competência do especialista na mesa de mixagem decidir se algo deve soar quente - não é o sistema de monitoração que deve tornar o som quente.

Nossa filosofia inclui outras exigências: distorção de intermodulação mínima, baixos atrasos de grupo, nenhuma latência, nenhuma ressonância, nenhum elemento chocalhando, uma dispersão bem definida e uma implementação mecanicamente robusta. Níveis de pressão sonora garantidos que sejam adequados para a respectiva aplicação. Mecanismos de proteção versáteis contra picos de sinal, de maneira que cada produto esteja protegido contra falhas inadvertidas. Cada um de nossos modelos precisa provar o que vale com um teste de 1000 horas com carga completa. E finalmente, mas não menos importante: todas as características precisam corresponder à respectiva aplicação e cumprir todos os requisitos associados.

Nós não vemos essa filosofia como arrogância mas sim como humildade em relação às pessoas que confiam em nossas ferramentas. Esperar o impossível nos leva por novos caminhos, por vezes surpreendentes, até novas soluções e novas possibilidades. Isso pode ser ouvido na série de monitores de estúdio KH, pois ela foi construída com base em uma rica história.

Você espera o melhor. Por isso, nós lhe damos o nosso melhor.